Natal + Doce Bella Gulla Natal + Doce Bella Gulla

A Bella Gula e Parceiros Voluntários vão transformar os seus desejos de feliz natal em realidade para muitas famílias.

Até o dia 09/12 você poderá votar em diversos projetos sociais da região sul do Brasil. A instituição com mais votos receberá uma ceia especial até o dia 22/12. O seu voto pode tornar o Natal de muitas pessoas ainda mais doce. Participe!

Saiba como participar

Como participar?

Siga o passo a passo e participe agora

Insira seus dados

Escolha sua região

Vote na instituição

Participe agora

Escolha a instituição

Clique na instituição para ver mais informações e votar.

Lar da Criança Raio de Luz

A entidade proponente se caracteriza por uma Instituição de acolhimento para crianças e adolescentes, em idades de zero a 18 anos, em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e/ou social. A intenção e missão da instituição é contribuir para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes por meio do acolhimento institucional.

CEA Bom Jesus

Nossa missão é gerar e promover oportunidades de crescimento pessoal e qualificação profissional através da conscientização ambiental e do desenvolvimento social para melhorar a qualidade de vida de nossa comunidade.

Jovem Aprendiz Renner

O contrato do Jovem Aprendiz Renner no CEA tem duração de até um ano. Nesse período o Aprendiz realiza atividades teóricas, para capacitação. E atua de forma prática em lojas, com atendimento ao cliente, nos setores administrativos da empresa Renner e com as aulas teóricas na sede do CEA (localizado no bairro Bom Jesus -POA). O contrato tem duração de um ano, e durante esse período o Jovem precisa trabalhar em horário oposto ao do período escolar.

Mãos Dadas

O Projeto Mãos Dadas é um recurso educacional que tem por objetivo contribuir para a alfabetização na maior idade, além de promover a inserção na cultura digital. O projeto conta com professores de pedagogia, técnicos da áreas da psicologia, assistência social e parceiros voluntários. O Mãos Dadas, há anos, ajuda diretamente com o desenvolvimento pessoal dos nossos recicladores para com isso gerar possíveis novos caminhos em suas vidas. “Disseminar conhecimento, visão de mundo e amor é o que nos move”, relata a professora e coordenadora do projeto, Denise Mendes.

Jiu Jitsu

A prática esportiva como instrumento educacional visa o desenvolvimento integral das crianças e adolescentes, capacita o sujeito a lidar com suas necessidades, desejos e expectativas, bem como, com as necessidades, expectativas e desejos dos outros, de forma que, o mesmo possa desenvolver as competências técnicas, sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social. Além de ampliar o campo experimental do indivíduo, cria obrigações, estimula a personalidade intelectual e física e oferece chances reais de integração social. O jiu jitsu é mais uma das ferramentas educacionais usadas na instituição. Há mais de 8 anos a modalidade é uma realidade no CEA. Todos os anos crianças e adolescentes do projeto participam de campeonatos a nível Municipal, Estadual, Nacional e, até mesmo, Mundial.

Casa Lar de Idosos – Rede Calábria

Em gestão compartilhada com a FASC (Fundação de Assistência Social e Cidadania de POA), constitui-se em uma residência destinada a idosos sós ou afastados do convívio familiar e em situação de rua, sem condições socioeconômicas para sua sobrevivência. É uma modalidade de acolhimento institucional totalmente gratuito que visa o cuidado e a garantia de direitos desse idoso, promovendo a participação, convivência comunitária, organização, autonomia, cidadania e a dignidade no envelhecimento do idoso acolhido.

ACCASA

A  Associação de Combate ao Câncer Santo Antônio e de apoio às Pessoas     Transplantadas – ACCASA é uma entidade social, sem fins lucrativos, econômicos, de assistência social e caráter beneficente, na cidade do Rio Grande/RS. Seu maior objetivo de atuação, é contribuir com a qualidade de vida do paciente com câncer e/ou transplantados, em situação de vulnerabilidade social, decorrentes da pobreza e carência de saúde, nos pautando sempre em nossa missão que é “ Contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos usuários e apoiadores”.

A ACCASA vem ao encontro destes pacientes além de tudo, com a função de apoio, como um referencial ao quais os mesmos podem se situar, evitando o agravo de certa desordem psíquica devido a doença. Diante disto, também buscamos o fortalecimento familiar neste momento de vulnerabilidade em decorrência da saúde, já que o núcleo familiar é de extrema importância para a recuperação do paciente com Câncer.

A Casa de Apoio funciona de segunda-feira as 8:00 da manhã, sem interrupção (24 h) até sexta-feira às 17h. Podendo ficar aberta aos finais de semana em casos excepcionais.

 Para o bom e efetivo andamento deste projeto, faz-se necessário estipular normas para o Funcionamento da Casa de Apoio. São elas:

* Transporte para o tratamento, (para os acamados ou com

debilidade física), de acordo com os horários das sessões de tratamento agendadas; e

* Refeições: Café da Manhã das 06:30 as 08:30 horas; Almoço das 11:30 as 13:30 horas;

Lanche as 15:30 horas; Jantar as 19:00 horas e lanche leve sempre disponível.

 

Quanto as ações ofertadas:

* Entretenimento;

* Oferta de atendimento Psicológico (diário);

 *Oferta de atendimento pelo setor Jurídico (quando necessário) e,

* Oferta de atendimento pelo setor de Serviço Social (diário)

Casa Lar das Crianças – Rede Calábria

Casa Lar – Crianças

Acolhimento Institucional – Casas-lares
Crianças e Adolescentes
Serviço de acolhimento institucional destinado a crianças e adolescentes sob medida de proteção, aplicada pelo Poder Judiciário, em situação de risco, com vínculos familiares rompidos, onde são acolhidas, cuidadas e acompanhadas por pais sociais e equipe técnica multidisciplinar até que seja viabilizado o retorno à família de origem ou o encaminhamento para família substituta.

ACBERGS

A ACBERGS (Associação das Creches Beneficentes do Rio Grande do Sul) é uma entidade sem fins lucrativos, beneficente, filantrópica, de caráter assistencial, cultural e educacional,  com sede no bairro Farrapos.

A ACBERGS tem 37 anos de existência e foi fundada em  29 Novembro de 1983,  por um grupo de dirigentes de creches comunitárias com intuito de representar, apoiar, fortalecer e qualificar os espaços de atendimento para crianças. 

Na trajetória da Defesa dos Direitos das Crianças e adolescentes destacamos que em 1990 a ACBERGS participou de forma ativa na implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente  e na formação do Fórum e Conselho da Criança e Adolescente no  Estado do Rio Grande do Sul.

A ACBERGS atende 20 idosos no grupo de convivência e 264 crianças e adolescentes  no contra turno escolar, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo, priorizando as demandas da rede de proteção da criança e do adolescente. 

ACBERGS conta com 22 funcionários e fornece diariamente, no período pré Pandemia,  entre lanches e almoços cerca de  662 refeições. 

Atualmente o território esta sofrendo um impacto social decorrente da construção da nova ponte do Guaíba, que são:  perda da terra; mudança do modo de vida; perda ou redução de fontes de ocupação e mudança de atividades econômicas ou meios de sustento; crianças e adolescentes que deverão mudar de escola, deslocamentos;  entre outros). 

O território possui um histórico com a reciclagem dos resíduos urbanos, e apresenta focos de descarte irregular de lixo. Muitas famílias sobrevivem da catação e reciclagem.

O bairro também apresenta grande dificuldade para o escoamento da água das chuvas., com alagamentos e  invasão das águas nas casas, causando enormes prejuízos. 

Grande parte da população dos bairros Navegantes, Humaitá e Farrapos enfrentam situações de vulnerabilidade social, são famílias que não conseguem dar conta de suprir as necessidades básicas de seus filhos, e enfrentam em seu cotidiano múltiplas expressões da questão social, dentre elas: drogadição, alcoolismo, mendicância, trabalho infantil, violência doméstica, entre outras.

Considerando a realidade do território, acima mencionadas, conclui-se que existe um grande número de crianças e adolescentes que estão expostos e vivenciam situações  de vulnerabilidade social ou já tiveram seus direitos violados e que necessitam de um espaço de acolhida e proteção no turno inverso da escola, onde encontrem subsídios para desenvolverem-se enquanto sujeitos de direitos e tornarem-se protagonistas de sua história.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) é um serviço complementar ao PAIF e desenvolve atividades voltadas à prevenção de situações de vulnerabilidade e risco social. É um serviço realizado em grupos, organizado a partir de percursos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com seu ciclo de vida, com o objetivo de:

  • Assegurar espaços de convívio familiar e comunitário e o desenvolvimento de relações de afetividade e sociabilidade;
  • Valorizar a cultura de famílias e comunidades locais pelo resgate de suas culturas e a promoção de vivências lúdicas; 
  • Desenvolver o sentimento de pertença e de identidade; e
  • Promover socialização e convivência.
  • Assegurar espaço de escuta qualificada,  realizada pela equipe técnica,  fortalecendo, prevenindo, promovendo  e ampliando o universo informacional e proporcionando novas vivências para resolução de conflitos. 

A ACBERGS acredita na possibilidade de  mudança e transformação do sujeito, e  desenvolve um trabalho de qualidade, respeitando os princípios do Dos Direitos Humanos, do ECA, da LOAS, do SUAS e Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil, buscando atingir resultados cada vez mais positivos na transformação social.

Neste momento devido a Pandemia do COVID-19 estamos trabalhando em plantão, com atendimentos individualizados.

NCC Belém

O NCC Belém surgiu da necessidade de aproximação da brigada militar com a comunidade de Belém Novo e arredores. Surgiu em forma de trabalho informal no ano de 2002, através do grupo de voluntários coordenados pela brigada militar, em especial os habitantes do loteamento Chapéu do Sol, por meio de um sopão comunitário servido todas as sextas-feiras. A atividade cresceu, outras pessoas se aproximaram para realizar trabalhos voluntários e em agosto de 2004 a atividade foi transformada em entidade jurídica.

Link do Site: http://nccbelem.org.br/

ONG Casa Vida

A Casa Vida é uma Associação de Amparo sem fins lucrativos e econômicos, que atende pacientes e seus familiares oriundos de outros municípios que estejam em tratamento de saúde nas cidades onde possuímos nossas unidades que são: Pelotas primeira unidade fundada em 2009, Rio Grande, Bagé, Uruguaiana, Passo Fundo, Camaquã e Santa Maria e no Estado de Santa Catarina na cidade de São José.

A Casa Vida-Unidade Passo Fundo oferece abrigo a quem está em tratamento de saúde com atendimento com assistente social, psicóloga e assessoramento jurídico, necessárias às pessoas em tratamento de saúde e ao seu familiar, propiciando amparo e bem estar enquanto estão fora de seu domicílio.

A Casa Vida tem como principais objetivos:

Desenvolver projetos que visem á melhoria dos serviços de assistência oferecidos pela instituição, com eficiência no atendimento e expansão da área de abrangência visando: Ética, Qualidade de Vida, Comprometimento, Humildade, Responsabilidade Social e Inovação.

Amparar pacientes e seus familiares que se encontram em Tratamento de Saúde,

Proporcionar atendimento Social, Psicológico e Jurídico ao paciente e seu familiar,

Oferecer espaço físico, refeições diárias aos usuários e familiares,

Doar medicação, cestas básicas suplementos alimentares, fraldas etc… até o Estado suprir tal demanda,

A Casa Vida tem como principal objetivo ser uma instituição referência em assistência a pessoas em tratamento de saúde, em todo o Estado do Rio Grande do Sul e no Estado de Santa Catarina.

 

FACEBOOK: 

https://www.facebook.com/UPFTV/videos/1816712175017224/

Lar da Solidariedade

O projeto da instituição é desenvolvido na área da Política Nacional da Assistência Social, realiza suas atividades com o público em situação de vulnerabilidade do Bairro Guajuviras em Canoas, R.S. Atende aos Grupos de Idosos, Criança e Adolescente e Mãe/Bebê.

Centro Social Marista Aparecida

Ao longo do tempo, muitas pessoas se arriscaram em iniciativas que buscaram dar respostas a situações de vulnerabilidade. Conhecer esta história tem o objetivo de nos situar em uma trajetória, em uma direção, em um caminho, em um conjunto de propósitos, que podem oferecer elementos para formar e conscientizar de que somos responsáveis por um projeto maior diante dos desafios dos contextos atuais. 

Os Centros Sociais da Rede Marista são parte de uma história de mais de 200 anos. O desafio é dar continuidade à missão marista sendo a expressão viva da intenção fundacional. Por isso, procuremos olhar a trajetória do Instituto e do Centro Social dentro do Instituto.

O Centro Social Marista Nossa Senhora Aparecida das Águas está localizado na região do Arquipélago, mais especificamente na Ilha Grande dos Marinheiros, onde a unidade “Águas” está em funcionamento desde 1º de março de 1999, quando os irmãos maristas receberam a obra social, então nomeada como “Sociedade Amigos das Ilhas (SASDI)”, das Irmãs Cônegas de Santo Agostinho  que aqui estavam desde 1972, e que, sensibilizadas com a vulnerabilidade social e econômica da população, fundaram a 1ª instituição para dar apoio social e educativo aos moradores da ilha.

Instituto Bem Possível

Realizamos um mapeamento das redes institucionais e sociais existentes nas comunidades onde os projetos atuam promovendo a articulação entre esses espaços, objetivando o acompanhamento educacional e o atendimentos social, não apenas das crianças e adolescentes participantes dos projetos, mas também de suas famílias.

Nas comunidades onde os projetos estão ativos buscamos constantemente manter o contato com os conselhos comunitários caso seja necessário um atendimento especifico para as crianças assistidas pelos projetos.

Os atendimentos assim como os projetos ocorrem no contra turno das atividades escolares, nas instituições de apoio a crianças e famílias dessas comunidades.

Os líderes comunitários, como também aqueles que cuidam dos interesses de cada comunidade, realizam um trabalho complexo, e os projetos buscam dialogar com esses centros objetivando auxiliar essas crianças e famílias quando se percebe a necessidade. Dessa forma contribuir sob diferentes ângulos para a melhoria da qualidade de vida dessas crianças e adolescentes.

Casa Carinho

Serviço que oferece acolhimento provisório para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva de abrigo(ECA, Art.101), em função de abandono ou cujas famílias ou responsável encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção, até que seja viabilizado o retorno ao convívio com sua família de origem ou, na sua impossibilidade, encaminhamento para família substituta. Atende crianças e adolescentes de 0 a 18 anos. (Orientações Técnicas: Serviço de Acolhimento para Crianças e adolescentes).

O Abrigo é um estabelecimento diretamente subordinado a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, o qual tem a atribuição de oferecer-lhe suporte técnico e administrativo para seu funcionamento, com recursos financeiros próprios, através de convênios com órgãos governamentais e não governamentais ou doações da comunidade.

Albergue Noturno

O Albergue Noturno pelotense”ADOLFO FETTER”. É uma instituição sem fins lucrativos fundada em 1957, por jornalista Magda Costa e Dr.Manuel vieira monteiro,se mantém a 63 anos somente com doações da comunidade.     Nosso trabalho e voltado aos moradores de rua atendemos em média 35 a 40 pessoas que ficam a noite na casa. Fornecemos aos nossos usuários janta, café da manhã e almoços finais de semana em torno de 160 almoços. Atual presidente Sonia Monteiro.

APEACAN

A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) é uma Organização da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos, que surgiu em março de 2005, em Caxias do Sul, e que há 15 anos assiste, de forma gratuita pessoas em tratamento oncológico. A entidade presta Serviço de Acolhimento Institucional Provisório (Casas de Apoio) nos principais centros oncológicos do Estado, e executa o Programa de Assessoramento e Defesa e Garantia de Direitos para usuários em situação de vulnerabilidade social e estrutural, devido à doença. Todo trabalho oferecido pela Associação é continuado, permanente e planejado, estendido ao acompanhante e à família do usuário.

Inserido nesse Programa, a instituição oferece acompanhamento social, psicológico, e jurídico,grupos de apoio, reiki, oficinas, entre outras atividades e benefícios, como dietas alimentares, suplementos e fraldas. 

No Rio Grande do Sul, a Aapecan tem 14 Unidades, sendo que dez delas oferecem hospedagem e alimentação às pessoas que realizam seu tratamento oncológico e não podem arcar com as despesas de extras do tratamento, como transporte e alojamento.

A Unidade Pelotas foi inaugurada em outubro de 2005. É a segunda há mais tempo em funcionamento e a primeira a contar com Casa de Apoio (com capacidade para 22 pessoas). Desde que abriu as portas já foram cadastradas cerca de quatro mil famílias. Hoje, o cadastro ativo soma 787 usuários, provenientes, além de Pelotas, de quase todos os outros Municípios da Zona Sul do Estado: São Lourenço do Sul, Turuçu, Arroio do Padre, Canguçu, Santana da Boa Vista, Morro Redondo, Capão do Leão, Piratini, Cerrito, Pedro Osório, Arroio Grande, Herval e Jaguarão. Dispõem de atendimento social, psicológico, grupos de apoio e assessoria jurídica. Benefícios como fraldas geriátricas, kits, dietas e suplementos alimentares, entre outros, são garantidos mediante avaliação da equipe do Serviço Social. A Unidade oferece também oficinas de artesanato, sessões de Reiki e palestras informativas. Usuários hospedados na Casa de Apoio, além da acomodação, têm acesso a quatro refeições diárias elaboradas por nutricionista e transporte a hospitais e centros de tratamento oncológico 

Os recursos mantenedores desta instituição são efetivados por meio de arrecadações junto à comunidade, ligações feitas pelo telemarketing, doações espontâneas em gêneros e ou financeiros, parcerias, campanhas e promoções.

Gostaríamos, também, de convidá-lo a conhecer as nossas Unidades e ver de perto o nosso trabalho desenvolvido.

 

REDES:

Instagram: @aapecanmetadesul

Facebook: @aapecan.pelotas

Site: http://aapecan.com.br/pelotas/

APAE Passo Fundo

A APAE de Passo Fundo foi fundada em 28 de junho de 1967, através da iniciativa da senhora Alice Sana Costi, que começou a desenvolver as atividades no município. Ao longo de pouco mais de cinco décadas a entidade beneficente oferece atendimentos nas políticas de Educação, Saúde e Assistência Social.

Desde então, a APAE de Passo Fundo vem se consolidando como referência para as demais APAEs do Rio Grande do Sul. Uma entidade civil, filantrópica, de caráter assistencial e sem fins lucrativos, atende, atualmente, cerca de 350 usuários com Deficiência Intelectual e/ou Múltipla.

Os trabalhos contam com uma equipe formada por cerca de 70 funcionários e com a contribuição de voluntários – profissionais de diversas áreas. As atividades desenvolvidas promovem autonomia e independência dos usuários. 

Na saúde, uma equipe multiprofissional, nas áreas da psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicopedagogia e pedagogia garantem atendimento qualificado.

A Escola Especial O Sorriso de Amanhã da APAE tem aprovação dos Conselhos Municipal e Estadual de Educação para funcionamento na educação infantil, pré-escola, ensino fundamental – anos iniciais, Ciclos e Educação de Jovens e Adultos.

Já a política de Assistência Social garante atendimentos aos usuários e as suas famílias e tem o propósito de garantir direitos, autonomia, convivência familiar e comunitária, assegurando a plena participação social dos assistidos em vulnerabilidade social.

 

Site: www.apaepassofundo.org.br

Facebook: facebook.com/apaepassofundors

Instagram: @apae.pf

Fone Geral: (54) 3313-1330

Central de Doações: (54) 3045-7810 / (54) 9.9112-4987

Centro de Convivência Capuchinhos

O Centro de Convivência Capuchinhos– CCC é um Centro Dia para Idosos da Associação Mão Amiga. Atende atualmente 30 idosos por turno, de segunda a sexta-feira, com um somatório de 45 idosos de núcleos familiares diferentes, todos em situação de risco pessoal e social.

Sobre a realidade social vivenciada pelas famílias destacam-se as principais situações de vulnerabilidade e risco social e pessoal:

–          violência intrafamiliar física e psicológica;

–          atitudes discriminatórias e preconceituosas na família;

–          desvalorização da potencialidade/ capacidade da pessoa;

–          isolamento social;

–          alto grau de estresse do cuidador;

–          abuso financeiro e patrimonial;

–          negligência;

–          outras situações que agravam a dependência e comprometem o desenvolvimento da autonomia: desconhecimento sobre a rede de atendimento socioassistencial e seus direitos; agravo nas condições de saúde física e mental do idoso com o surgimento de doenças neurodegenerativas; pouco acesso aos serviços de saúde; assistência familiar deficitária e desassistência em virtude do desconhecimento da questão do envelhecimento.

Lar dos Idosos Maria de Nazaré

O Lar de Idosos Maria de Nazaré, abriga atualmente 19 idosas 

A Idosa deverá ter situação de pobreza, não dispor de quem as cuide de maneira digna, rejeição e/ou abandono familiar. O Lar de Idosos Maria de Nazaré é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos que tem como finalidade o amparo e a proteção as idosas carentes, com falta de recursos, ausência de suporte familiar e carência de meios de sobrevivência

O Lar de Idosos Maria de Nazaré se mantém com doações de empresas, pessoas físicas e subvenções da Prefeitura de Gramado através da Secretária de Cidadania e Assistência Social, do Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos,  do Conselho Municipal de Assistência Social , da Câmara Municipal de Gramado e de verbas oriundas do Ministério Publico.

O Lar de Idosos Maria de Nazaré foi construído a partir da doação legal de terreno pelo senhor Walter Bertoluci em 26/08/2006. Sob a liderança da senhora Lacy Bertoluci Bertoja desde o ano de 2001, como já se sabia da doação do terreno, foram promovidos eventos, promoções e rifas e contatamos com empresários de Gramado para arrecadar fundos para início da construção, em 2006. 

         Nestes 19 anos trabalhamos incessantemente para terminar a construção e, inauguramos em 1º de outubro de 2011. A partir daí, iniciamos a segunda etapa do trabalho, até colocarmos o Lar de Idosos Maria de Nazaré em pleno e legal funcionamento, que se deu em 1º de setembro de 2012.

O Lar de Idosos Maria de Nazaré completou 8(oito) anos de funcionamento em 1º de setembro de 2020.

APAE Gramado

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Gramado é uma entidade beneficente de Assistência Social, sem fins lucrativos, fundada em 26 de julho de 1969 e tem por objetivo atender pessoas com deficiência intelectual e múltipla através de um trabalho adequado às suas necessidades. 

      Tem como missão promover e articular ações de defesa de direitos e prevenção, orientações, prestação de serviços, apoio a família direcionados à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e a construção de uma sociedade justa e solidária.

   A instituição visa fazer com que o beneficiário e sua família reconheçam a sua importância na sociedade, e, ao mesmo tempo, a conscientização no reconhecimento da Pessoa com Deficiência dentro do contexto social e comunitário, auxiliando assim na construção de sua cidadania.

  A APAE de Gramado é gerida por uma diretoria voluntária por pais e amigos que voluntariamente administram e executam ações cumprindo o Estatuto Social Padrão das APAEs. 

No último trimestre de 2020, a APAE Gramado está de mudança para uma nova sede, na Rua Piratini, 650, b. Planalto, em um novo e moderno prédio com 1.350 metros quadrados.

Chimarrão da Amizade

A ONG Chimarrão da Amizade é uma organização social que atende pessoas com deficiência intelectual, transtorno do desenvolvimento e dificuldade de aprendizagem, bem como suas famílias, buscando promover a qualidade de vida e inclusão social. A organização foi fundada em 1981 – Ano Internacional da Pessoa com Deficiência – por meio da iniciativa de dois casais que mobilizaram sua comunidade para defender os direitos das pessoas com deficiência e sua participação na sociedade.
Atualmente atendemos 600 famílias residentes no município de Canoas que vivem em condição de vulnerabilidade social. Nosso objetivo é contribuir para o pleno desenvolvimento dos atendidos, promovendo o exercício da cidadania, por meio dos serviços oferecidos. Contamos com uma equipe qualificada e apoio de voluntários que abraçaram a nossa causa.

Quer saber mais, nos acompanhe nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/grupochimarrao.daamizade

Instagram: https://www.instagram.com/ongchimadaamizade/

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCFQwY4MHvips4rNMoVCM26A

Comunidade Terapêutica Vida Nova

Fundada no dia 26 de abril de 1995, a Comunidade Terapêutica Vida Nova (CNPJ: 007166650001-04) é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que tem por finalidade básica e motivação de sua origem o tratamento de dependentes químicos. Vinculada ao Setor Social da Diocese do Rio Grande, a Vida Nova, é constituída pelo Conselho Deliberativo e Conselho Diretor, que administram a comunidade e demais sócios. Com mais de 20 anos de existência, a Vida Nova é filiada à Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas – FEBRACT e conta com a parceria do Programa Mesa Brasil SESC, Banco de Alimentos, além de pessoas físicas e jurídicas (Amigos da Vida Nova). Os recursos financeiros ou mantimentos para subsistência da Vida Nova advêm das entidades parceiras, das contribuições mensais dos sócios, de contribuições de familiares dos dependentes químicos em tratamento, bem como de doações da comunidade em geral. 

CAE

A Associação Criança e Adolescente no Esporte Beltrão de Queiroz é uma organização sem fins lucrativos que está inserida no bairro Euzébio Beltrão de Queiroz, um dos núcleos de sub-habitações da região central mais antigo do município de Caxias do Sul, onde desenvolve o Serviço de Conivência e Fortalecimento de Vínculos CAE Ampliando Horizontes.

Neste serviço temos por objetivo oportunizar ações artísticas, culturais, esportivas, de lazer e de cidadania para crianças e adolescentes com idades entre 06 e 15 anos. 

Neste universo apresentamos as infinitas possibilidades de seus talentos e habilidades, desafiando-os a ampliarem seus horizontes, num ambiente acolhedor e incentivador, instigando os participantes a serem agentes promotores de mudanças positivas, capazes de combater as situações de vulnerabilidades sociais existentes no território onde moram.   

Atualmente mais de 60 crianças e adolescentes são beneficiadas com as ações do CAE Ampliando Horizontes. 

 Conheça mais sobre o CAE Ampliando Horizontes acessando nossas mídias sociais: 

   Facebook: Serviço de Convivência CAE Ampliando Horizontes / Instagram: cae_ampliando_horizontes

INAV

O Instituto da Audiovisão – INAV, pessoa jurídica de direito privado, sem fins  lucrativos, qualificado como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse  Público pelo Ministério da Justiça, foi fundado em 19 de fevereiro de 2009 por  profissionais especializados, vem por meio desta, informar sobre os serviços prestados  gratuitamente a população de Caxias do Sul. Apresenta certificação CEBAS – Entidade  Beneficente de Assistência Social. 

Os usuários deste Serviço oferecido pelo INAV são pessoas surdocegas, cegas  ou com baixa visão, associadas ou não a outras deficiências, sem limite de idade e suas  respectivas famílias.  

O trabalho executado pela instituição, no que se refere à educação, habilitação  e reabilitação, é um processo que envolve um conjunto articulado de ações de diversas  políticas no enfrentamento das barreiras implicadas pela deficiência e pelo meio, sendo  realizados por equipe especializada. 

O impacto de perdas sensórias pode resultar em dificuldades do tipo: • comunicação com o outro; 

  • orientação e mobilidade; 
  • acesso à informação e a experiências diárias; 
  • aquisições e independência nas habilidades de vida diária; 
  • educação e treinamentos; 
  • convívio familiar e social; 
  • acesso financeiro a equipamentos especiais; 
  • acesso a cursos profissionalizante e mercado de trabalho; 
  • acesso a direitos e serviços socioassistenciais. 

SERVIÇOS E PROGRAMAS OFERTADOS: 

  • Intervenção Precoce com orientação à família e a cuidadores 
  • Serviço Social 
  • Psicologia 
  • Atendimento Educacional Especializado
  • Estimulação e Reabilitação Funcional da Visão 
  • Orientação e Mobilidade ( Independência e Autonomia) 
  • Atividades da Vida Diária e Atividades Instrumentais da Vida Diária. • Informática  
  • Tecnologia Assistiva 
  • Atividades Artísticas 
  • Promoção e inclusão no mundo do trabalho. 

. Serviço de Proteção Social para pessoas com deficiência, idosas e suas famílias  – Modalidade Unidade Referenciada. 

Encaminhamento: O INAV atende gratuitamente, por meio de agendamento pelo telefone: 3226-6262.

APAE Novo Hamburgo

APAE NH,  é uma organização da sociedade civil que há 57 anos presta serviços à comunidade, atuando nas políticas de educação, saúde e assistência social. Desde os atendimentos a bebês, já na estimulação precoce, a preparação para o mercado de trabalho ou o estímulo à convivência de adultos com deficiência intelectual e múltiplas em processo de envelhecimento. A APAE atende atualmente uma média de 300 pessoas, tanto na Escola Especial – educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos-, e também por meio dos atendimentos clínicos pela equipe técnica multidisciplinar: fonoaudiologia, musicoterapia, psicopedagogia, psicologia, fisioterapia. Executa também o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, oferecendo também o acolhimento do serviço social a todos os seus usuários. A articulação com a rede de proteção social facilita o acesso aos recursos e é uma busca constante da instituição para a qualificação dos trabalhos e fortalecimento do sistema de garantia de direitos, dentro das políticas de saúde, educação e assistência social

Associação Lar Professora Nancy

O projeto da instituição é desenvolvido na área da Política Nacional da Assistência Social, realiza suas atividades com o público em situação de vulnerabilidade do Bairro Guajuviras em Canoas, R.S. Atende aos Grupos de Criança e Adolescente e Mãe/Bebê.

Fazenda Renascer

A COMUNIDADE TERAPÊUTICA FAZENDA RENASCER é uma entidade sem fins lucrativos e sem vínculos religiosos e que tem como finalidade a prevenção, recuperação e reinserção social de dependentes químicos e de álcool, bem como o apoio às famílias afetadas pelo problema, sem fazer distinção quanto à cor, raça, condição social, grau de instrução, credo político ou religioso. Sua idealização e fundação vêm do ano de 1994 numa pequena chácara em São Leopoldo. Primeiramente com capacidade para acolhimento de 8 residentes e após ampliada em 1995 passou a abrigar 20 residentes. A crescente busca por uma recuperação entre os dependentes químicos, fez com que o casal Isolde e Ivander da Silveira procurasse novas alternativas para continuar com o projeto. Era preciso aumentar a capacidade de vagas e para tanto em setembro de 1996 foi alugada na cidade de Estância Velha uma nova área de terras, com capacidade de abrigar mais 24 residentes.

Em 1998, a Comunidade chegou a operar com quatro unidades de tratamento, com capacidade de acolher 90 residentes, mais a Sede Administrativa. Já no período de 1999/2000, decidiu reduzir seu número de vagas, priorizando um tratamento mais personalizado junto aos residentes e uma maior proximidade com seus familiares. Foi então que em 2001, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) editou resolução de normatização dando às Comunidades Terapêuticas um prazo de dois anos para se adequarem as novas normas relacionadas a equipe técnica e também em relação as suas instalações. Tal fato levou a Fazenda Renascer a se decidir pela aquisição definitiva de uma área própria. E isto de fato aconteceu, sendo adquiridos 13 hectares de terra na localidade de São João do Deserto, divisa agrícola de Novo Hamburgo com a cidade de Gravataí.

O próximo passo foi a transferência definitiva da unidade de Estância Velha para a nova localização. Isso ocorreu no final de setembro de 2002. Desde lá foram muitas lutas e muitas conquistas. Com o apoio do empresariado local e da comunidade a Fazenda Renascer cresceu a cada dia. Agregando benefícios na estrutura e no quadro pessoal, os residentes puderam cada vez mais usufruírem de um local totalmente voltado para sua recuperação.

Hoje a Fazenda Renascer oferece uma invejável estrutura física. Com capacidade para 60 residentes, possui para a prática de esportes e lazer uma quadra de futebol e vôlei de areia, academia de ginástica, mais biblioteca, sala de televisão e data show, salão de festas, sala de leitura, sendo a cozinha e refeitório totalmente equipados e climatizados, bem como alojamentos completos e estruturados. Além disso, nunca esquecendo o objetivo maior, que é o de promover a recuperação e ressocialização do dependente de drogas e álcool, o quadro funcional opera com uma equipe de coordenadores perfeitamente engajada e harmônica no tratamento dos residentes. Na sede administrativa pessoas capacitadas para o atendimento e acolhimento tanto do novo residente quanto no conforto emocional para com os familiares. Também uma assistente social comprometida em cuidar dos interesses dos residentes e familiares.

Por fim, a COMUNIDADE TERAPÊUTICA FAZENDA RENASCER acredita que todo o ser humano tenha o direito a uma oportunidade de realização tanto íntima quanto social. Para isso apoiamos o esforço pessoal de cada um para conseguir resgatar virtudes e sentimentos adormecidos por desvios de rumos ou infortúnios passageiros. Alguns indivíduos são mais ou menos susceptíveis a estas dificuldades. Estender-lhes a mão e ajudá-los a reencontrar seu equilíbrio faz parte de um compromisso diário.

ONG Amor

A ONG Amor foi fundada em 2011, é uma instituição filantrópica de assistência social, que realiza ações que visam promover o bem estar e a melhoria da qualidade de vida de crianças, adolescentes e famílias que vivem em estado de vulnerabilidade social (todas as famílias assistidas possuem Cadastro Único). 

Atua através de projetos de assistência social, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças, adolescentes, onde no turno inverso ao da escola participam de oficinas de música, artes, teatro, dança, esportes, além de atividades pedagógicas e psicossociais.

Através de atividades lúdicas, recreativas, culturais, esportivas, cooperativas, solidárias, pedagógicas e dinâmicas de grupo se procura trabalhar valores, respeito, disciplina, a cultura da Paz (não-violência), com o objetivo de desenvolver o protagonismo e a autonomia dos usuários.

Dentro do lema da instituição que é “transformar o mundo pelo amor”, a ONG tem atuado no sentido de viabilizar oportunidades, construindo sonhos, transformando vidas. Hoje a instituição atende 160 crianças e adolescentes (2 a 17 anos) em seus Projetos, além de atender cerca de 600 famílias, fornecendo algum tipo de ajuda (cestas de alimentos, roupas, móveis e eletrodomésticos, etc.).

Todas as crianças que frequentam a ONG recebem diariamente um lanche e uma refeição e com a suspensão das atividades, muitas não tem como se alimentar em suas casas atualmente.

Em tempos de pandemia a ONG Amor não pode ficar sem realizar ações em benefício dos mais vulneráveis, e tem se reinventado para conseguir atuar no auxílio de quem mais sofre. Tendo realizado distribuição de alimentos perecíveis e não perecíveis, máscaras, kits de higiene, assessoramento escolar, distribuição de roupas e etc.

Asylo do Rio Grande

Nossa instituição é sem fins lucrativos, constituída desde 1885, atende idosos de vulnerabilidade social, nossos foto é qualidade de vida, física e mental, onde o idoso é protagonista de uma realidade que não importa a idade, podemos e devemos manter nossas mentes no melhor e acreditar que cada dia é mágico, onde estamos em constante modificação, mas sempre ativos.

Centro Dia do Idoso – Rede Calábria

Centro Dia do Idoso – CDI
É um projeto também executado em parceria com a FASC, onde a Rede Calábria faz a gestão de RH de profissionais para executar o atendimento especializado a pessoas idosas com algum grau de dependência, que tiveram suas limitações agravadas por violações de direitos. O serviço busca promover a autonomia, a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida dos idosos através de oficinas diversas, atividades físicas, socialização e fortalecimento de laços afetivos.

Lar dos Velhinhos de Zulma

O Lar dos Velhinhos de Zulma é uma ILPI (Instituição de Longa permanência para Idosos). O objetivo do Lar dos Velhinhos de Zulma, desde sua formação, é proporcionar uma vida digna aos idosos em estado de vulnerabilidade socioeconômica que buscam abrigo. Oferecemos conforto, bem-estar, atividades recreativas, assistência médica, alimentação adequada e amor que é a base fundamental de qualquer trabalho assistencial. 

Missão: 

Contribuir para promoção de uma sociedade justa e igualitária, valorizando o potencial humano. 

Visão: 

Ser reconhecida como referência Nacional em assistência social, buscando aprimoramento contínuo de suas ações. 

Valores: 

Ética, Solidariedade, Dedicação, Igualdade, Seriedade e Integridade. 

ONG Anjos

A ONG anjos, foi fundada em 21 de maio de 2007, com o intuito de ajudar aos ex presidiários, presidiários e seus familiares, como também trabalhamos na ressocialização do dependente químico, além deste principal alvo, atendemos também a comunidade em geral, auxiliando os com cestas básicas, pães, verduras, roupas. Objetivo de nos interessarmos neste projeto, é para que possamos atender as famílias carentes da nossa comunidade, na qual possuem muitas crianças, e nosso maior desejo é fazer com que tenham literalmente um feliz Natal, porque o sorriso delas é a nossa força

Meninos de 04 Pinheiros

A Fundação Educacional Meninos e Meninas de Rua Profeta Elias, que mantêm uma Chácara com 10 alqueires, de nome Pe. Eduardo Michelis surgiu do trabalho realizado pelos religiosos Carmelitas na década de 1980, durante as atividades de assistência às famílias, crianças e adolescentes da Comunidade Profeta Elias, na Vila Lindóia, Curitiba, que vinham de outras cidades para a capital, em busca de melhores condições de vida.

ACELB

A Associação de Cegos Louis Braille – ACELB, fundada em maio de 1973, é administrada por um Conselho Administrativo e um Conselho Deliberativo. Tem por finalidade garantir os direitos sociais e o acesso a informação das pessoas com deficiência visual, associados ou não, sem discriminação. Lutar em prol de uma política de defesa e inclusão social efetiva destas pessoas e principalmente atender pessoas idosas com deficiência visual ou não em situação de vulnerabilidade social através do seu departamento Casa Lar do Cego Idoso.

A Casa Lar do Cego Idoso atende em regime de longa permanência (24 horas por dia) em média 40 moradores, sendo a maioria com deficiência visual, física e múltipla e com diversos graus de dependência. O corpo técnico é formado por: Médica, Enfermeira, Técnicas em enfermagem, Fisioterapeuta, Nutricionista e Assistente Social, além da Área Administrativa e Serviços Gerais. São servidas seis refeições diárias e oferecidas atividades de grupo de convivência e de lazer como passeios e festas.

Nosso espaço físico é para 70 pessoas, mas devido às dificuldades financeiras enfrentadas, acolhemos atualmente um número reduzido para garantir um atendimento digno e de qualidade.

O Serviço Social da ACELB tem por objetivo acolher e orientar os usuários com vistas a garantia de seus direitos, lutando contra qualquer forma de discriminação e exploração da pessoa com deficiência e idosa.

A profissional também utiliza de seu conhecimento técnico para fomentar a participação das famílias na vida dos idosos institucionalizados fortalecendo seus vínculos familiares.

dolore eu feugiat nulla facilisis.

ACM Morro Santana

A ACM Morro Santana sendo uma Instituição filantrópica sem fins lucrativos busca a partir de atividades sociais com crianças, adolescentes e suas famílias, desenvolver um trabalho integrado, proporcionando-lhes atividades esportivas, artísticas, recreativas, pedagógicas e de inclusão digital com o acompanhamento do Serviço Social. A partir dessas atividades busca resgatar valores fundamentais de convivência, respeito e cooperação mútua e, principalmente, contribuir para a formação integral das pessoas e a transformação da realidade em que vivem. 

AFINCO

Somos uma entidade sem fins lucrativos e estamos desde 2008 Reescrevendo Vidas através do acesso a cursos de capacitação profissional e outras atividades de inclusão social. Há 12 anos, “nossos filhos que estão em todas as idades” têm a oportunidade de participar de nossas atividades e/ou projetos gratuitamente ou com valores sociais:

  • Atendimento Psicopedagógico para crianças, jovens ou adultos.
  • Atendimento Psicopedagógico para Reabilitação Cognitiva do Idoso
  • Atendimento Psicológico
  • 11 Cursos de Capacitação Profissional GRATUITOS
  • Orientação Jurídica GRATUITA
  • Mídias Sociais para Maiores de 50 anos
  • Curso para Formação de Cuidadores de Idosos

 

Obrigado!

VOTAR NOVAMENTE

Nos siga nas redes

Aproveite e confira
nossos produtos.

Conheça os produtos especiais que
separamos para o seu Natal ser mais doce.

PEÇA AQUI
*Exceto Curitiba

Regulamento

A campanha “Natal Mais Doce Bella Gula” é válida do dia 17/11/2020 até 06/01/2021, tem de caráter beneficente, sem fins lucrativos, e visa presentear instituições ou projetos sociais mais votados. A votação dá-se através do site www.natalmaisdoce.com.br e o resultado das instituições/projetos sociais ganhadores será publicado nas redes sociais da Bella Gula e no site www.natalmaisdoce.com.br no dia 10/12/2020. O público em geral, autodeclarado maior de 16 (dezesseis) anos, pode acessar o site e votar quantas vezes desejar em quaisquer instituições. Campanha válida em todas as lojas da rede Bella Gula dos Estados de RS, SC e PR, contemplando-se 06 (seis) instituições mais votadas em Porto Alegre/RS e 01 (uma) instituição mais votada em cada uma das seguintes cidades: Canoas/RS, Novo Hamburgo/RS, Gramado/RS, Caxias do Sul/RS, Passo Fundo/RS, Pelotas/RS, Rio Grande/RS, Florianópolis/SC e Curitiba/PR.

A premiação que cada instituição vencedora vai receber serão 05 (cinco) kits de cestas de Natal, sendo que cada um é composto de amendoim salgado (50g), atum ralado em óleo (170g), azeitona verde sachê (100g), biscoito chocolate biscuit leite (80g), bombom sortido (250g), creme de leite (200g), doce de leite (400g), farinha mandioca temperada (250g), filtrado branco (660ml), goiabada (400g), leite condensado (395g), lentilha (1,5kg), maionese sachê (200g), mistura p/ bolo coco (400g), panetone frutas (400g), 03 (três) pães de mel com chocolate (30g), pepino em conserva (300g), pêssego em metades (450g), queijo provolone para assar (160g), salame italiano fatiado (100g) e 2L de refrigerante. É possível que as quantidades de produtos nos kits variem de acordo com a marca de cada item disponibilizado pelo fornecedor local. Além dos kits, cada instituição premiada vai receber 05 (cinco) tortas Bella Gula, 01 (uma) quiche e 01 (uma) caixa com 120 unidades de docinhos Bella Gula. Os produtos que farão parte dos kits poderão sofrer alteração conforme a cidade da instituição, em função da disponibilidade local.

A seleção das instituições participantes deu-se em parceria com a Parceiros Voluntários, que oportunizou o contato com diversas entidades filantrópicas. Todas as participantes que aceitaram fazer parte da campanha cederam o acesso a imagens e logomarcas próprias para viabilizar a divulgação do serviço prestado em cada uma delas em nosso hotsite. A premiação, que será entregue em até 05 (cinco) dias úteis a contar do resultado da campanha, é uma distribuição gratuita em razão do resultado de concurso exclusivamente cultural recreativo, não subordinado a qualquer modalidade de álea ou pagamento pelos votantes, nem vinculação destes ou do contemplado à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, o que dispensa autorização por órgão regulador. O usuário votante concorda com sua identificação e armazenamento de seus dados, inclusive pessoais, para tratamento pela rede Bella Gula, envolvendo principalmente a comunicação de campanhas promocionais, ações de marketing digital, pós-venda ou pesquisas qualitativas.